Grupo OSJ São José Marello Apostolado Educacional

Faculdade Bagozzi

A Faculdade Padre João Bagozzi foi criada em 2002, depois de 50 anos de atuação do Grupo Bagozzi em Curitiba. Ela surgiu quando os membros da Congregação dos Oblatos de São José perceberam a necessidade da comunidade em ter profissionais locais com uma formação de qualidade.

Assim, a educação oferecida procura formar profissionais aptos a atuar de maneira eficiente no mercado, gerenciar seus próprios conhecimentos e acompanhar as transformações do mundo. A Faculdade Bagozzi também estimula a criação cultural e a análise crítica, além de incentivar a pesquisa e investigação científica.

Para atender as necessidades da comunidade do bairro Portão, os cursos inicialmente ofertados eram Administração, Filosofia e Normal Superior.

No entanto, para fornecer uma formação mais ampla, o curso de Normal Superior foi substituído por Pedagogia. Também foi aberto o curso de Serviço Social.

Seguindo a tradição do Grupo Educacional, a Faculdade Padre João Bagozzi prioriza as relações humanas, o ensino de qualidade e a visão cristã do mundo. Mais do que desenvolver o espírito crítico e intelectual dos alunos, propõe-se acima de tudo a favorecer o crescimento integral da pessoa.

A mais recente expansão do Grupo Educacional Bagozzi é a segunda unidade da Faculdade, localizada no bairro Xaxim. Assim, através da Unidade Xaxim, o Grupo que sempre esteve ligado à comunidade do Portão amplia seu alcance, trazendo mais educação superior de qualidade para Curitiba.

Juntamente com essa ampliação, foi aumentada a variedade de cursos ofertada. Agora, a Faculdade Bagozzi possui diversas opções de cursos superiores de tecnologia, além dos cursos de Engenharia de Produção, Engenharia Ambiental e Sanitária e Engenharia de Computação.

Dessa maneira, a Faculdade promove um ensino com princípios éticos, conhecimentos teórico-práticos e formação ética e humanística ampla. Contribuindo para a democratização do conhecimento, transformando o ser humano e, consequentemente, a sociedade.

Mantenedora

Desde 1919, a Congregação dos Oblatos de São José colabora com Paraná e Santa Catarina. Na época, ela foi procurada pelo arcebispo D. João Francisco Braga, que precisava de um maior número de religiosos nos dois estados.

A Congregação foi fundada em 14 de março de 1878 em Asti, norte da Itália, por São José Marello.

Desde sua criação, a preocupação era com os jovens e a educação que recebiam. O Padre Marello reuniu um grupo pequeno, de apenas quatro pessoas, mas a Congregação cresceu a passos rápidos, inclusive após sua morte em 1895.

Em 1901, o Padre João Batista Cortona levou a Congregação à aprovação diocesana e, em 1909, à pontifícia. Ele também iniciou a Congregação nas missões estrangeiras. Hoje, são mais de 500 membros em países como Bolívia, Brasil, Chile, Eslováquia, Estados Unidos, Filipinas, Índia, Itália, México, Nigéria, Peru, Polônia e Austrália.

O objetivo da Congregação dos Oblatos de São José é ser um conjunto de pessoas reunidas sobre o mesmo ideal religioso, consagrados a Deus para servir os irmãos, em especial os jovens. Os religiosos da Congregação procuram educar as crianças e os jovens a partir dos princípios de São José, o educador de Jesus Cristo.

No Brasil, o primeiro campo de apostolado foi Paranaguá. A partir da cidade, todo o litoral paranaense era atendido. Agora, entretanto, a sede da Congregação no país fica em Curitiba e se chama Nossa Senhora do Rocio. O nome do provincial responsável é Padre Antonio Ramos de Moura Neto. Além do Paraná, os estados de São Paulo e Mato Grosso também contam com padres josefinos.

Para saber mais sobre a mantenedora, clique aqui.

Onde Estamos

Rua Caetano Marchesini, 952 - Portão, Curitiba - PR, Brasil

Acesse o Portal Educacional

  • Alunos, Professor e Colaborador

    Alunos, Professor e Colaborador

    Portal Educacional

    Acesse
  • 20% EAD

    20% EAD

    Área Virtual de Aprendizagem

    Acesse
  • Curso de Inglês

    Curso de Inglês

    Clique aqui

    Acesse
  • MS Imagine

    MS Imagine

    Clique aqui

    Acesse