Notícias

  • Cursos de Gestão Financeira, Recursos Humanos, Gestão Comercial e Marketing apresentaram o III Seminário de Ações de Responsabilidade Social

    Nos dias 17 e 20 de abril alunos integrantes dos cursos de Gestão Financeira, Recursos Humanos, Gestão Comercial e Marketing apresentaram o III Seminário de Ações de Responsabilidade Social. O evento contou com a presença da Superintendência, Direção, Coordenação e Pastoral da Faculdade Bagozzi. Dentro do objetivo pedagógico-pastoral da disciplina de eixo comum: Responsabilidade Social, Ética e Direitos Humanos os alunos desenvolveram em grupos 12 projetos de ação social. Gestão Financeira, Recursos Humanos, Gestão Comercial e Marketing falam sobre Responsabilidade Social Para a professora da disciplina Larissa Fernandes Menegatti, "essa é uma forma efetiva de desenvolver a sensibilidade social em nossos acadêmicos e cumprir a missão institucional de uma formação integral". Para a aluna de Gestão Financeira, Gisele Conde "a Faculdade Bagozzi proporcionou viver uma experiência que vai muito além das aulas didáticas, tendo a oportunidade de fazer algo que despertou nosso lado humano. Com a realização da ação social na AAMPR podemos entender melhor a doença fibrose cistica e as dificuldades dos portadores. Quando fazemos o bem a alguém estamos fazendo muito mais por nós mesmos, estamos multiplicando amor no mundo." A aluna de Gestão Comercial Franciele Chafranski declara "em nossa ação social tivemos o prazer de conviver e conversar com alguns moradores e ficamos impressionados com a história de vida de cada um. Foi uma lição de vida para todos nós, estamos buscando ajuda com outras pessoas e levando a mensagem de que um pequeno gesto pode mudar o mundo e transformar a vida das pessoas". O III Seminário de Ações Sociais de Responsabilidade Social terá continuidade no mês de Junho com alunos do curso de Pedagogia, que têm como orientador o professor Humberto Herreras Contreras. Confira as fotos: Se você se interessou pelos cursos que participaram do seminário, confira as páginas a seguir. Os cursos de gestão da Faculdade Bagozzi são pautados pelo mercado e pelas boas práticas da ética mercadológica, além de terem professores 100% atualizados e inseridos no cenário local! > Tecnologia em Gestão Financeira > Tecnologia em Recursos Humanos > Tecnologia em Gestão Comercial > Tecnologia em Marketing
  • Professor discute sobre Pedagogia e Ensino Religioso na Base Nacional Comum Curricular

    Nos dias 25 e 26 de abril aconteceu em São Paulo o Fórum Nacional de Escolas Católicas, organizado pelo Núcleo de Escolas Católicas das Edições SM. Do evento participaram diretores, coordenadores, profissionais da pedagogia, professores de Ensino Religioso e pastoralistas de escolas católicas de todo o Brasil. Na oportunidade o Prof. Humberto Herrera, preferiu a conferência de abertura com o tema: "O Ensino Religioso no currículo evangelizador da escola católica: identidade pedagógica e implicações didáticas à luz da Base Nacional Comum Curricular". O Prof. Humberto discutiu sobre o Ensino Religioso na atualidade da educação brasileira e apontou a nova proposta de organização curricular a partir dos referenciais nacionais. Com base nisso, explicitou uma proposta didático-metodológica para o Ensino Fundamental de acordo com a concepção de educação católica e exemplificou algumas experiências significativas na área. Também estiveram presentes no Fórum como palestrantes Augusto Ibañez Pérez, que abordou o tema "Educar, com sentido, a partir do carisma dos fundadores". O artista Bráulio Bessa que destacou o tema de "Educar para a Sensibilidade" e o profissional da educação Francisco Soares, que explorou o tema das mudanças que a Base Nacional Comum Curricular trouxe para a educação brasileira. Pedagogia e ensino religioso nas escolas Os valores cristãos são vistos com bons olhos por toda a sociedade. Independentemente de crença religiosa, o amor ao próximo, a honestidade e bondade são necessários para que a humanidade evolua de maneira coerente. A melhor maneira de garantir que as crianças absorvam todos os valores, é através de uma educação de qualidade. Um colégio cristão tradicional como o Colégio Bagozzi possui toda a estrutura necessária para ensinar isso ao seu filho ou a sua filha. Confira! Entretanto, se você tem interesse em ensinar essas práticas, pode ser uma grande ideia se especializar em pedagogia. É por este viés profissional que se arbitram as boas práticas no ensino. Especialize-se na Faculdade Bagozzi!
  • II Café Filosófico discutiu a importância da Filosofia nas escolas

    Na sexta-feira, dia 20 de Abril, o Prof. João Viesser foi convidado como mediador do II Café Filosófico e retomou o tema dos desafios da educação na Filosofia e da filosofia nas escolas. O professor discutiu as dimensões da educação e mostrou a relevância da Filosofia na formação dos alunos. Destacou também possibilidade de como a Filosofia pode constituir um eixo integrador nas propostas educativas das escolas, além do significado da Filosofia na formação crítica dos alunos sobre a sociedade. A importância da Filosofia nas escolas Mais do que nunca este é um tópico sensível, visto que diversos setores mais conservadores da sociedade têm requisitado a volta de um tempo mais censurado, em prol do bem da economia e da moralidade. Alguns movimentos políticos têm como pauta a exclusão de disciplinas como filosofia e sociologia das escolas e até das universidades públicas, tendo como justificativa o caráter progressista dos cursos da ciências humanas. Segundo esses movimentos, é nesses setores acadêmicos que se instala a deturpação dos valores morais e éticos, que são levados para a sociedade em forma de militância e políticas consideradas assistencialistas. Todavia é necessário perceber que vivemos em comunidade, que isso exige uma percepção coletiva sobre o bem estar de cada um. São disciplinas como sociologia e filosofia que, nas escolas e universidades públicas e particulares, ensinam o indivíduo a pensar no próximo. Além do pensamento coletivo é de suma importância que ideias que são impostas diariamente sejam questionadas com a mesma frequência, para que seja desenvolvida uma consciência própria e não um conjunto terceirizado de ideias. É justamente pela falta de atenção a todo o tipo de ensino humano que as ideias ultra-conservadoras, fascistas e preconceituosas se perpetuam em uma época onde isso já deveria ser um passado a servir de mau-exemplo. Se você se interessa por ciências humanas, acesse a página da nossa escola de Educação, Sociedade e Meio Ambiente e conheça nossos cursos de graduação, pós-graduação e pós-graduação EAD. É lá que está o nosso curso de Graduação em Filosofia!
  • Relato da experiência de projetos sociais na comunidade de Heliópolis em São Paulo

    No dia 16 de abril a Faculdade Bagozzi abriu um importante diálogo com relação à atuação do Serviço social e dos projetos sociais junto às expressões da questão social no cenário da comunidade de Heliópolis, da cidade de São Paulo. Pela Assistente Social e Pedagoga Silmara Silva e pelo pe. Paulo Siebeneider foi trazida sua experiência da Obra Social Santa Edwiges (OSSE), que faz parte da Congregação dos Oblatos de São José, mantenedora da Faculdade Bagozzi. Esta obra social que já completa 50 anos de atuação junto a favela de Heliópolis, a mais populosa de São Paulo com 279 mil moradores, já foi a maior da América Latina, entre as maiores do mundo. Palestrantes: Assistente Social e Pedagoga Silmara Silva - (Gerente de serviço da Obra Social Santa Edwiges em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social – São Paulo) Pe. Paulo Siebeneichler - (Ex-Reitor e Presidente do Santuário Santa Edwiges – São Paulo, Atual Ecônomo e Pároco da Paróquia Senhor Bom Jesus do Portão - Curitiba) A importância dos projetos sociais em Heliópolis As experiências junto ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e o Centro para Crianças e Adolescentes, na importância da proteção básica trouxe o relato de como o serviço em rede tem trazido resultados, e que está ajudando a transformar a realidade de centenas de usuários dos serviços . O objetivo do evento foi o de estimular o debate e a reflexão sobre as mudanças necessárias mostrando a realidade de projetos bem sucedidos, pois a história desta comunidade está repleta de episódios de luta, conflitos e esforços para escapar da exclusão social. A OSS, percebendo a perda de vínculos, afetividade e a sociabilidade nas imposições sociais, econômicas e políticas na violação da dignidade humana, tem feito a diferença nesta comunidade, um trabalho sério e comprometido. Se você, leitor, também se interessa pela elaboração de projetos sociais, saiba que a Faculdade Bagozzi dispõe de uma especialização nesse exato segmento. O MBA em em Gestão e Elaboração de Projetos Sociais é feito sob medida para quem deseja avançar em políticas públicas.
  • Acadêmicas de Pedagogia visitam diversos contextos de educação social

    No mês de abril de 2018 as acadêmicas de Pedagogia que cursam a disciplina de Pedagogia Não Escolar visitaram 14 contextos de educação social na cidade de Curitiba e região metropolitana. A atividade previa que as acadêmicas, além de visitar as instituições e projetos, interagissem com os profissionais e conhecessem os diversos serviços socioeducativos que são oferecidos pelos mesmos. Entre as instituições visitas estiveram centros de educação social, programas de voluntariado, comunidade terapêutica, cooperativa de catadores de material reciclável e uma casa lar. Após a visita as acadêmicas produziram vídeos e socializaram as suas experiências com as suas turmas. Curse Pedagogia na Faculdade Bagozzi Pedagogia estuda a educação e pedagogos tem como objeto de trabalho o ser humano enquanto educandos. É necessário que alguma pessoa que tenha feito Graduação em Pedagogia acompanhe os estudantes e verifique a qualidade de ensino como um todo. O profissional dessa ciência social tem como objetivo melhorar a aprendizagem daqueles que estão sobre sua jurisdição, tanto quanto melhorar os sistemas de aprendizado. Ele garante a qualidade da educação através da administração e do magistério, acompanhando, mensurando e avaliando as aptidões e dificuldades de cada aluno. Pedagogos também podem fazer uma pós-graduação em Neuropsicologia aplicada a educação ou uma Pós-graduação em Educação especial para trabalhar com crianças e demais pessoas com necessidades especiais. Independentemente disso, todos os agentes envolvidos no âmbito da educação precisam ter conhecimentos básicos sobre os assuntos de pedagogia. Apesar do mercado que mais absorve esse tipo de profissional ainda ser o do ensino formal, ainda existem várias empresas que presam pela utilização de um pedagogo para funções diferentes. Estude e se especialize nessa área incrível com a Faculdade Bagozzi. Aqui a gente te dá todo o suporte, além de oferecer uma ótima estrutura, professores ativos no mercado de trabalho e materiais atualizados. Tudo pra você sair na frente e dominar o mercado da educação com qualidade e profissionalismos!
  • Bernt Entschev fala sobre os Recursos Humanos e seus desafios contemporâneos

    Nós da Faculdade Bagozzi recebemos esta semana, com muito orgulho, a ilustre presença do Sr. Bernt Entschev. Como já dissemos anteriormente, Bernt é Headhunter e fundador da De Bernt. Ele trabalha na área de Executive Search e recursos humanos há mais de 30 anos e ocupou diversas posições executivas na Souza Cruz, além de ter sido CEO e membro do Board da Manasa. Graças a esse trajeto glorioso, Entschev já foi eleito o 4º Melhor Headhunter do Brasil pelo Canal RH e possui excelente participação na mídia. É comentarista de Recursos Humanos da Rede Globo de Televisão, na afiliada RPC, colunista nos jornais Gazeta do Povo, de Curitiba; O Correio do Povo, de Jaraguá do Sul; A Notícia, de Joinville; na Revista Amanhã, de Porto Alegre; e no La Nación, do Paraguai. Também participa como comentarista na rádio Transamérica e na rádio CBN de Curitiba. Autor dos livros "Executivos, Alfaces & Morangos" e “Talento em Pauta – Como reger melhor sua carreira”. Bernt agora se dedica como consultor, palestrante e conselheiro das instituições AMCHAM, AHK, ABRH e IBEF. Recursos Humanos e seus desafios contemporâneos Bernt se apresentou no grande auditório da faculdade Bagozzi no dia 16 de Abril às 19h e comentou os desafios presentes nas escolhas das carreiras para os mercados que se adaptam e que se criaram nesses últimos anos. Lá ele falou sobre tendências do mercado de trabalho, gestão de carreira, mudanças no cenário profissional e dos desafio da atualidade. Comentou sobre empregabilidade e importância da formação constante e continuada, bem como da necessidade de se aproximar e dominar os recursos tecnológicos para que os profissionais permaneçam competitivos. Tendo em mente essa necessidade de atualização constante, tanto por parte do agente de mercado, quanto por parte do profissional de recursos humanos, que tal se especializar? Confira a nosso MBA em gestão de recursos humanos e saia na frente quando o assunto for seleção e recrutamento! Esse curso também está disponível na versão EAD, para que você se especialize sem sair de casa: Acesse a página da Pós-graduação em Gestão de Recursos Humanos EAD. Confira as fotos do evento abaixo!    
  • Alunos promovem campanha solidária com a Pastoral Universitária

    Alunos dos cursos de Pedagogia, Gestão Comercial, Engenharia da Produção e Administração, numa parceria entre a Pastoral Universitária Bagozzi e a Disciplina de Eixo Comum "Ética, Responsabilidade Social e Direitos Humanos" promoveram uma visita à Associação Cassa do Servo Sofredor, neste último sábado, dia 14. A Associação casa do Servo Sofredor acolhe 90 pessoas em situação de dependência química, numa dinâmica de acolhida que possibilita ao assistido permanecer no ambiente por vontade própria. "As lições que eu trago pra minha vida são várias, tanto pra minha formação como Pedagoga quanto pra minha formação como humana, que muitas vezes não enxergo esses que estão tão próximos de mim e se encontram em um sofrimento tão grande e que precisam de alguém que olhe pra eles", analisa maria Goretti, aluna de Pedagogia. A visita faz parte da segunda etapa do "Projeto de Voluntariado" promovido pela PUB, no intuito de conhecer de perto uma experiência de resgate da dignidade humana, promovida pela entidade. "Um lugar que através de algo simples como o silencio proporciona uma maneira de mudar a vida. Sem muros e sem nenhuma obrigação de se manter 'internado', e o único dever de se tornar uma pessoa melhor pra sociedade e sua família e para si mesmo!", avalia Lucas Vieira, aluno de Engenharia da Produção. Após a visita, os alunos decidiram fazer uma campanha para arrecadar alimentos não perecíveis para a Associação, uma vez que esta necessita de ajuda da comunidade.
  • II Café Filosófico discutirá os desafios da educação na Filosofia

    Na sexta-feira 20/04 acontecerá na Faculdade o II Café Filosófico com o tema "Os desafios da educação na Filosofia". O mediador convidado será o filósofo especialista em magistério da educação básica, Prof. João Viesser. O II Café Filosófico será realizado na sala 404 (4º andar) das 20h30min às 22h. O evento é gratuito e aberto à comunidade. Os participantes receberão 2 horas de atividade complementar.
  • Acadêmicos de Administração e Engenharia participam de pesquisa da ABRH-PR

    Nos dias 04 e 11 de abril acadêmicos dos Cursos de Administração e Engenharia participaram de pesquisa qualitativa - Grupo Focal - sobre o mundo do trabalho e as expectativas das novas gerações de trabalhadores, realizada pelo Eixo RH na Academia da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Paraná - ABRH-PR. A entrevista foi conduzida pela Profª. Vera Fontoura Egg. Posteriormente, a Faculdade participará da análise dos dados da pesquisa que abrange várias Instituições de Ensino Superior de Curitiba.
  • Professores da Faculdade concluem as aulas do Curso de Pós-graduação em Pesquisa Acadêmica

    No sábado 14 de abril os professores concluíram as aulas do Curso de Pós-Graduação em Pesquisa acadêmica e científica na prática docente. A especialização iniciou em março de 2017 com o objetivo de qualificar os profissionais com conhecimentos, teórico e práticos, relevantes para permitir uma compreensão clara dos processos de mudança no campo da pesquisa científica na formação acadêmica. A finalização do curso promete a organização de um Seminário sobre o tema da Pesquisa Acadêmica no Ensino Superior em julho de 2018, e uma publicação digital e impressa das pesquisas que os professores estão realizando para o mês de outubro do mesmo ano. A última aula contou com a mediação da Profª. Maria Luiza Milani que orientou os processos de produção das pesquisas e da organização do Seminário. Também esteve presente o diretor da Faculdade, Prof. Arivonil Matoske, que parabenizou o compromisso dos professores participantes ao longo deste curso.
Página 2 de 23123...51015...Última »