Notícias

  • Acadêmica apresenta Projeto Integrador sobre a inclusão de crianças imigrantes na escola

    No dia 14 de junho, a acadêmica Danuse Porciúncula de Araújo, apresentou o resultado do seu projeto integrador intitulado "A criança imigrante e a escola: adaptação social e curricular", para as acadêmicas da turma do 3º período, na aula da disciplina de Ensino de História e Geografia, ministrada pela Profª. Leslie Luiza Pereira Gusmão. Após a apresentação, a professora discutiu a temática das fronteiras, migrações e os conflitos decorrentes das mesmas.
  • Acadêmicas de Pedagogia apresentaram Ações de Responsabilidade Social realizadas no 1º semestre

    Acadêmicas do 6º período de Pedagogia apresentaram no I Seminário Acadêmico de Ações de Responsabilidade Social, entre os dias 5 e 8 de junho, os resultados das Ações de Responsabilidade Social, realizadas no 1º semestre de 2017, na disciplina de Ética, Responsabilidade Social e Direitos Humanos, sob orientação do professor Humberto Herrera Contreras. No total foram 16 instituições e projetos sociais que as acadêmicas visitaram e desenvolveram alguma atividade de responsabilidade social e voluntariado. As atividades envolveram desde o público infantil até idosos.
  • Especialistas convidados participaram das bancas dos Projetos Integradores do Curso de Pedagogia

    No dia 28 de junho, nas bancas dos Projetos Integradores do Curso de Pedagogia, participaram como avaliadores convidados, especialistas sobre as áreas de Pedagogia Hospitalar e Pedagogia Social. Contamos com a presença da pedagoga social Elizeli Faustinoni de Souza, que atua como técnica de referência das ações do mundo do trabalho da Fundação de Ação Social de Curitiba, e da pedagoga hospitalar Niura Barroso, que atualmente coordena o Serviço de Escolarização Hospitalar no Hospital Universitário Cajuru. A Coordenação do Curso de Pedagogia da Faculdade Bagozzi agradece a participação e contribuições das convidadas para o aprimoramento dos trabalhos acadêmicos das nossas estudantes.
  • Atenção para os Horários das Bancas de TCC

    BANCAS TCC 2017 curso de bacharelado em Serviço Social Dia 3 de julho Sala de Conferências 18 horas Edna de Santana Pacto Nacional de enfrentamento à violência contra as mulheres e a rede de apoio existente no município de Curitiba- Pr. Orientador: Maria Luiza Milani Arguidores Rosely Bittencourt e Sandra Ap. Silva dos Santos 18 h 45 min Cleili de Fátima A violência contra a criança e ao adolescente: as atribuições privativas do Serviço Social. Orientador: Elsa Maria Vieira de Souza Arguidores: Cleci Albiero e Maria Luiza MIlani 19 h 30 min Janaina Sousa de Souza A atuação e os desafios da Assistente Social no Programa Família Acolhedora no município de Curitiba. Orientadora: Rosely Bittencourt Arguidores: Sandra Ap. Silva Santos e Elsa Maria Stoehr Vieira de Souza 2o h 15 min Jane Cristina A adoção de crianças e adolescentes acolhidas em casas lares- um estudo sobre a Associação Caminho da vida – Lar Dona Vera Orientador: Rosely Bittencourt Arguidores: Sandra Ap. silva Santos e Elsa Vieira de Souza 20 h 55 min Caroline K. Figueiredo A relação entre a prática profissional e os aspectos técnico-operativos do projeto ético-político do serviço social no trabalho das assistentes sociais de um Cras no Município de Fazenda Rio Grande. Orientador: Helio Dias Arguidores Maria Luiza Milani e Rosely Bittencourt 21h 30 min Edilise M. de Lima A atuação do serviço social na ruptura dos vínculos sociais e familiares a partir da privação de liberdade do indivíduo – Penitenciária Estadual de Piraquara 2 Orientador: Gilcéia M. dos Santos Arguidores: Sandra Ap. Santos e Maria Luiza Dia 4 de julho Sala de conferências 18 horas Nilmara de Almeida O sentido da moradia para os realocados da vila Parolin: os pós e os contras dos empreendimentos habitacionais construídos pela Cohab-CT – Pr. Orientador: Maria Luiza Arguidores: Elsa Vieira de Souza e Gilcéia M. dos Santos 18h 45 minutos Claudiana de Oliveira O entendimento de violência contra a mulher, pelos homens da Faculdade Bagozzi. Orientador: Maria Luiza Milani Arguidores Gilcéia M. dos Santos e Hélio Dias 19 h 30 minutos Elisangela Paz O contexto histórico do Serviço social e os recuos e avanços no campo educacional: uma breve visualização em Curitiba – Pr. Orientador: Maria Luiza Arguidores Gilcéia M. dos Santos e Sandra Ap. Silva Santos 20h 15 minutos Ana Paula Fogaça O papel do Serviço social nas comunidades terapêuticas de Curitiba e região metropolitana. Orientadora: Sandra Aparecida Silva dos Santos Arguidores: Maria Luiza Milani e Elsa Maria Vieira de Souza 21 horas Eliana Lopes Os limites da política pública da assistência social à pessoa idosa do município de Araucária. Orientador: Hélio Dias Arguidores Leandro José de Araújo e Maria Luiza Milani 5 de julho Sala de conferências: 18 horas Ana Emília Fontes Ramos Responsabilidade Social Empresarial : estudo das empresas que adotam em suas práticas programas de RS em Curitiba. Com recorte para projetos sociais com crianças e adolescentes. Orientador : Gilcéia M. Santos Arguidores: Davi Sidney Lima e Elsa Vieira de Souza 18h 45 min Adriana Florentino Oliveira O processo de reinserção do custodiado na penitenciária estadual de Piraquara – PEP II Orientadora: Sandra Aparecida Silva dos Santos Arguidores: Helio Dias e Elsa Maria Vieira de Souza 19 h 30 min Ilka Moriya Prática do Assistente social na Política de atendimento ao migrante. Orientador: Hélio Dias Arguidores: Elsa Vieira de Souza e Leandro José de Araújo 20 h 15 min Kellyn Karoline Crime organizado no Brasil : facções criminosas que atuam dentro e fora dos presídios brasileiros. Orientador: Leandro José de Araújo Arguidores : Denilson Rossi e Hélio Dias 21 horas Thabata Kovalski Leandro Hélio Filó Encarceramento massivo no Brasil – o sistema prisional no Brasil sob uma ótica materialista histórica. Orientador: Leandro José de Araújo Arguidores: Hélio Dias e Almir Rodrigues 21h 30 min Solange Bomfim Uma breve análise dos problemas sociais que levam as famílias a necessitarem do Serviço de Convivência e fortalecimento de Vínculos. Orientador: Hélio Dias Arguidores: Leandro de Araújo e Elsa Vieira de Souza 11 de julho 19 horas Alex Henrique Macedo Políticas Públicas dentro do capitalismo monopolista brasileiro e socialista russo soviético : análise teórica acerca de seus fundamentos no período que abrange o início da década 1920 até meados de 1950. Orientador: Leandro José de Araújo Arguidores : Armenes de Jesus Ramos Junior e Sandra Ap. Santos 20 horas Flavio Marcelino Dimensão pedagógica do Serviço Social: um embate teórico sobre a construção do socialismo em Abreu. Orientador: Leandro José de Araújo Arguidores: Armenes Ramos Junior e Hélio Dias
  • Centro de Memória apresenta documento histórico de 1960

    No mês de junho, na seção "Documento do mês", o Centro de Memória dos Oblatos de São José oferece, à comunidade em geral, uma fotografia de um grupo de seminaristas de Ourinhos, interior de São Paulo, em atividade de campo na década de 1960. Essa seção visa promover a pesquisa histórica e estimular a curiosidade dos usuários do site. Acesse o site: http://www.centrodememoriaosj.com.br/documento-mes/
  • Alunos de Pedagogia e Engenharia Ambiental participam de aula em Campo

    No dia 10/06 os alunos dos cursos de Pedagogia matutino e diurno e Engenharia Ambiental, sob as coordenações dos professores Calos Gomes e Rúbia Cavali, tiveram aula de campo sob a supervisão do prof. Maurício Savi. A atividade está vinculada à disciplina de Ensino de Ciências e nela os alunos puderam ver na prática os conceitos e conteúdos estudados nos livros didáticos de Ciências e Biologia. A aula de campo foi realizada na Ilha do Mel com a organização da Escola Educação, Sociedade e Ambiente.
  • Acadêmicos de Pedagogia realizam oficinas didáticas sobre diversidade cultural e religiosa

    Na terça-feira 06 de junho, acadêmicos de Pedagogia, que cursam a disciplina de Ensino Religioso Escolar, realizaram oficinas didáticas sobre Diversidade Cultural e Religiosa com as crianças e adolescentes do Centro Social Marello. Foram um total de 10 oficinas que permearam diferentes temas relacionados à diversidade cultural e religiosa do Brasil e do mundo. As oficinas propostas valorizaram metodologias ativas o que favoreceu o envolvimento e participação das crianças e adolescentes. As atividades foram coordenadas pelo Prof. Humberto Herrera, e pela coordenadora geral do Centro Social Marello, a pedagoga Adriane Pinheiro.
  • FACULDADE BAGOZZI INICIARÁ GRUPO DE ESTUDO SOBRE CIÊNCIA E FÉ

    O cenário contemporâneo marcado por pluralismos culturais, religiosos e até mesmo científicos desafia o ser humano a encarar a questão de Deus para além de reduções a cultos e normas. O ato de crer exige racionalidade e sentido, situando a fé no âmbito das decisões fundamentais que o ser humano precisa tomar, quer queira, quer não, como reconhecimento ou como negação de Deus. Não há como escapar do dilema da existência humana. De fato, quem quiser fugir das incertezas da fé terá de suportar as incertezas da ausência de fé. Nesse contexto, surgem tentativas desesperadas de aceitação da fé que tornam a esperança cristã um tanto ingênua e infantil, incapaz de estabelecer diálogos sérios e honestos com a sociedade. Para Ratzinger, a fé é um sentido anterior ao calcular e ao agir do ser humano e sem o qual ele nem teria condições de calcular ou de agir, porque ele só pode fazê-lo no lugar onde há um sentido que o sustente (2006, p. 54). A relação entre fé e ciência é composta por Ian Barbour - estudioso americano renomado no campo entre ciência e religião - de quatro categorias: conflito, independência, diálogo e integração. Percebe-se que as duas primeiras são negativas e não contribuem no processo das relações entre ambas. As outras duas, positivas, possuem um contributo de valorização para a religião e ciência em vista da construção de um mundo melhor (SANCHES; DANILAS, 2012). Assim, a Faculdade Bagozzi iniciará um Grupo de Estudo sobre Ciência e Fé aberto à comunidade acadêmica e ao público externo. A proposta é uma iniciativa de professores pesquisadores que contou com o apoio e incentivo da Pastoral Universitária Bagozziana, da Superintendência e Direção Geral. Tem por objetivo fazer um itinerário sobre os fundamentos da fé cristã em sua relação com a racionalidade. Para isso, pretende-se ressaltar nos conteúdos de análise o substrato intelectual da fé, ampliando-se a discussão do sentido da fé cristã e sua relevância atual. Os encontros serão quinzenais nas quartas-feiras, às 18h, com início no dia 23 de agosto, na Faculdade Bagozzi – Unidade Portão. Os interessados poderão entrar em contato com o coordenador do grupo de estudo, professor Vinícius José Henrique da Costa Leonardi, no e-mail: [email protected]; ou com a professora Larissa Fernandes Menegatti no e-mail: [email protected] Larissa Fernandes Menegatti. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: BÍBLIA JERUSALÉM. São Paulo: Paulus; Loyola, 2002. BINGEMER, M. C; FELLER, V, G. Deus Trindade: a vida no coração do mundo. São Paulo: Paulinas; Valência: Siquem, 2003. RATZINGER, J. Bento XVI. Introdução ao Cristianismo, preleções sobre o Símbolo Apostólico com um novo ensaio introdutório. Tradução Alfred J. Keller. São Paulo: Loyola, 2006. SANCHES, Mário. Criação e Evolução, diálogo entre teologia e biologia. São Paulo: Ave Maria, 2009. SANCHES, M; DANILAS, S. Busca da Harmonia entre religião e ciência no Brasil: reflexões a partir do ano de Darwin. Teocomunicação. Porto Alegre, v.42, n.1, p.98-118, jan./jun. 2012. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/tel/article/viewFile/11297/7706>. Acesso em: 16 dez. 2012.
  • Grupo de Língua e Cultura Italiana celebra festa junina

    Nesta segunda- feira, dia 19 de junho, nas dependências da Unidade Portão, o Grupo de Língua e Cultura Italiana promoveu a Festa Junina da Terceira Idade. Um momento celebrativo para encerrar as atividades deste primeiro semestre e, ao mesmo tempo, vislumbrar as atividades do próximo semestre. O Grupo de língua e Cultura Italiana se reúne às segundas- feiras, às 15hs. São oferecidas, gratuitamente pela Pastoral Universitária Bagozzi- PUB, oficinas de língua italiana numa metodologia que envolve também aspectos diversos da cultura italiana.
  • Faculdade Bagozzi encerra atividades Pastorais com Missa

    No último dia 14 de junho na sala de Conferências da Unidade Portão, todos os grupos coordenados pela Pastoral Universitária Bagozzi- PUB, Grupo de Italiano da Terceira Idade, Grupo de Oração Universitária, Grupo de língua portuguesa para haitianos, juntamente com representantes dos professores, coordenadores e colaboradores, estiveram reunidos para a Missa de Encerramento das atividades pastorais deste primeiro semestre de 2017. A missa foi presidida pelo Padre Sérgio, superintendente da Faculdade Padre João Bagozzi. Além de ressaltar a importância de "observar a lei do amor", sugerida do Evangelho do dia, o Pe. Sérgio dirigiu palavras de ânimo aos participantes, em vista do semestre que iniciaremos adiante.
Página 34 de 43« Primeira...51015...333435...40...Última »